OPINIÃO E POLÍTICA – Quatro salários de senador serão pagos para a bancada de RO no Congresso

0
87

O senador Confúcio Moura (MDB) está fora do Senado por 120 dias a contar dessa próxima sexta-feira (24). Ele pediu licença para tratar de assuntos pessoais, uma prerrogativa legal de todos os senadores da República, mesmo que por muitas vezes o motivo seja interesse politico ou até mesma para beneficiar os suplentes.

Financiadores

Na maioria esmagadora dos casos, os suplentes são mais ricos que os próprios senadores donos do mandato. Isso porque existe a política do financiamento de campanha, ou seja, um empresário muito rico, porém sem votos, injeta dinheiro na campanha de um candidato ao Senado recebendo em troca a suplência.

+  19 de Novembro - Dia da Bandeira

Legal! porém não é legal

O fato é que a partir do momento em que assume a cadeira, o suplente recebe uma série de vantagens para desempenhar suas funções, entre elas, subsídios parlamentares, carro oficial, plano de saúde e auxílio moradia. De acordo com regras recentes aprovadas pelos próprios senadores, estende-se aos benefícios do plano saúde os filhos e enteados dos senadores, incluído nesse caso, os suplentes que assumem o mandato.

Quem é a suplente

Campanha contra o Coronavírus

Assume a vaga de Confúcio Moura a fundadora e ex-dona da faculdade São Lucas, Maria Eliza de Aguiar e Silva, que recentemente travou uma batalha com o Conselho de Medicina após encabeçar a pauta de defesa para que formados em outros países consigam validar seus diplomas no país através das universidades particulares, medida totalmente repudiada pelos médicos que integram o Conselho da categoria.

+  Dr. Neidson cobra providências para sanar falta de bolsas de colostomia na saúde pública

Maior doadora

Maria Eliza além de primeira suplente de Confúcio Moura foi a maior doadora da campanha vitoriosa do senador em 2018 após o MDB e o próprio senador. Eliza tirou de seu bolso mais de R$ 280 mil para ajudar nos custos do pleito.

Quatro salários

Confúcio sai por motivos pessoais, porém segue com salário, além de ter direito ao imóvel funcional e utilizar o plano de saúde do Senado. Com isso, o estado de Rondônia custará quatro salários de senador para o Brasil, cada um com uma média liquida superior aos R$ 33 mil.

+  IRRESPONSABILIDADE - MATERIAIS PARA TESTE DE COVID ESTRAGAM

Opinião e Política

A coluna Opinião e Política é conteúdo exclusivo do JH Notícias e editada pelo jornalista e chefe de redação João Paulo Prudêncio. Contato através do telefone: (69) 99326-4650.

Fonte:JH Notícias

Deixe um comentário