IRRESPONSABILIDADE – MATERIAIS PARA TESTE DE COVID ESTRAGAM

0
15

Noite do dia, 13/07 (terça-feira), o vereador Rivan Eguez(PV), recebeu uma denúncia de que havia “17 frascos contendo materiais coletados – DESDE O DIA 09/07/2021” para fazerem o teste do COVID, nas dependências do Posto Sentinela, anexo do Hospital do COVID, esses materiais coletados eram para serem encaminhados no prazo de 48 horas para a Capital, sendo tolerado no máximo por 72 horas para que fossem enviados.

A informação que o vereador recebeu foi que os dias de enviar os materiais coletados são: Terça feira e Quinta feira. E que a demora em enviar para Porto Velho, seria para o município “economizar” nas despesas com o deslocamento.

+  Em Guajará-Mirim, prefeitura gasta mais de R$ 340 mil com diárias em 2019

Ao receber a denúncia, o Edil ligou para o Conselheiro Municipal de Saúde sr. Éder Marreiros, para que fosse juntos fiscalizar a denúncia in loco. Ao chegar ao local, solicitaram aos servidores plantonistas para que autorizassem a entrada e prontamente foram atendidos.

Foi constatado que realmente havia 17 frascos, com nomes dos usuários do SUS, assim bem como a data do recolhimento do material, dia 09/07/2021.

+  Aulas nas escolas estaduais terão início no dia 6 de fevereiro de 2020; rematrículas acontecem em dezembro

Esses 17 materias estão/estavam possivelmente comprometidos e não poderiam ser encaminhados para a Capital. Criando dessa forma transtornos aos guajarámirenses que de “boa fé” acreditam/acreditaram que teriam seus exames prontamente encaminhados para Porto Velho e assim, tão logo saberem se estão ou não com o Corona vírus.

O Plantão do Ministério Público foi acionado, assim bem como a Polícia Militar e todo o ocorrido foi relatado. As autoridades citadas solicitaram que fosse enviada ao MP relatório do fato fiscalizado para que as devidas providências sejam tomadas.

+  [VÍDEO] PROFESSORES SÃO EXPOSTOS AO PERIGO E CONSTRANGIMENTO NA ÁREA RURAL DE NOVA MAMORÉ

A fiscalização iniciou às 22:15 h e terminou às 00:16 horas.

Guajará Mirim precisa de cuidados. E eu não posso parar”, concluiu o vereador da sua família.

RIVAN EGUEZ – PV 🇧🇷
O vereador da sua Família.

Fonte: Assessoria

Deixe um comentário