Home / GUAJARÁ 190 / Motorista de caminhonete é assassinado durante roubo. Polícia age rápido, recupera veículo e prende, em Guajará, seis pessoas envolvidas no crime.

Motorista de caminhonete é assassinado durante roubo. Polícia age rápido, recupera veículo e prende, em Guajará, seis pessoas envolvidas no crime.

O crime de latrocínio aconteceu na tarde de quarta-feira (30), tendo como vítima o taxista  acreano Ronaldo Vacaro, 57 anos. Ele teve seu veiculo Amarok, de cor branca, de placa NXT 9638 de Rio Branco-AC, tomado de assalto entre o distrito de Extrema e Nova Califórnia, situado na BR 364, zona rural do Município de Porto Velho, após ser contratado pelos assaltantes para fazer uma corrida. Após o assalto, o taxista foi morto pelos ladrões por asfixia e o corpo desovado na mata. Após o crime bárbaro, os criminosos seguiram rumo a Guajará-Mirim junto com outros comparsas na tentativa de cruzar e vender o veiculo na Bolívia. O veiculo, após o assalto ficou escondido em uma residência em Vista Alegre-RO até seguir para Guajará-Mirim.

                                             Ronaldo Vacaro, 57 anos – vítima

Na manhã desta quinta-feira (31) os Policiais receberam denúncia que o veículo roubado estava escondido no Bairro Santo Antônio. De posse da informação, uma Guarnição da Polícia Militar foi ao local e encontrou o veículo com Emerson S. de 26 anos, que reside em Vista Alegre. Ele confessou que foi contratado por Pablo da S. F. 28 anos que reside em  Rio Branco-Acre para  conduzir o veículo até o município de Guajará-Mirim.

Policiais de outra guarnição da PM abordaram no bairro Triângulo, em Guajará-Mirim, Eliásio da S. C. vulgo Batata,  bastantes conhecido no meio policial, e após investigação os policiais descobriram que na residência de Batata tinha quatro elementos que poderiam estar envolvidos no roubo da caminhonete. Até então os policiais não sabiam que  o proprietário da caminhonete tinha sido executado pelos assaltantes.

Na casa de Batata foram detidos os suspeitos:  Saimo da S. Vieira, Miguel F. C., Eduardo da S. F. e Pablo da S. F. Na revista pessoal, os policiais localizaram com Eduardo da S. F. a quantia de R$ 921,00 (novecentos e vinte e um reais), a qual estava no bolso; quatro cartões, denominados REAL convênios em nome da vítima Ronaldo Vacaro, proprietário do veículo roubado.

Dois dos suspeitos:  Saimon  da Silva Vieira e Eduardo da Silva Feitosa confessaram a execução por meio de asfixia do proprietário do veiculo Amarok após o assalto e desovaram o corpo em um matagal entre Extrena e Nova Califórnia.

Na Delegacia de Polícia Civil, após o interrogatório e diligências realizadas, foram flagranteados os Acreanos Pablo da S. F,  28 anos, Eduardo da S. F., 23 anos, Emerson G., 26 anos, Miguel F. da C., 20 anos, Saimon da S. V., 18 anos e o Guajaramirense, Eliasio S. C., 49 anos, de alcunha Batata, todos nos crime de Latrocínio consumado, Associação criminosa e Porte Ilegal de arma de fogo. Eles foram encaminhados ao Presidio Masculino onde ficarão a disposição da justiça.

As investigações tiveram a participação direta de policiais militares  e policiais civis de Guajará-Mirim e Nova Mamoré.

Fonte: Guajará Hoje

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

Jovem baleado se esconde em residência

Na noite desta terça – feira, 05, a guarnição de plantão no distrito de Nova …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: