Home / NOTÍCIAS / ANO POLÍTICO E PROMESSAS-Por Aluizio da Silva

ANO POLÍTICO E PROMESSAS-Por Aluizio da Silva

Por força da legislação, ainda não está aberto o ano político de 2018. Mas, por gana e necessidades de seus interessados diretos, sim.

Rejeitados pela maioria da população, por suas próprias culpas, o que se vê já neste início de ano é a corrida por espaço na mídia, de anúncios de obras, de projetos, de promessas antes nunca imagináveis, tudo para iludir o eleitor.

Em termos de Guajará-Mirim, há projetos para solução de todos os problemas que atormentam nossa população. Obra moderna e definitiva da Av. Dr. Lewerger, pavimentação de várias avenidas, implantação de internet de alta qualidade em toda a cidade, inclusive nas áreas ribeirinhas e indígenas, lotação de médicos e aquisição de medicamentos, investimentos no Regional, construção de ponte binacional, transposição de ex-servidores do antigo Beron, da Caerd, da Ceron, e uma centena de outras promessas que, qualquer pessoa de bom senso, sabe que não serão jamais cumpridas.

Pobre de nós, simples e mortais seres humanos. Mas que, ainda assim, ameaça o poder dos políticos que não querem, de forma alguma, perder a “boquinha” e assim manter-se, eles e seus apaniguados, nos cargos.

Quem trabalha, como eu já trabalhei, na área de assessoramento de políticos detentores de mandato, sabe o quão são falsas e ilusórias essas promessas. Para nos conquistar, nosso voto e nosso trabalho, prometem vagas em suas assessorias, quer na Assembleia Legislativa do Estado, no Governo do Estado, na Prefeitura ou na Câmara Federal ou Senado. Uma vez eleitos, esquecem dos compromissos assumidos e os cargos a que têm direito são dados aos seus “puxa-sacos”, todos quase que incompetentes e descompromissados com as causas do povo.

O tempo passa e quando a eleição se aproxima, voltam a botar o bloco na rua. A maioria com “cara de Amélia”, como diz o velho ditado. Ninguém quer largar a teta. Ser político dá, além de status, dinheiro.

E observem que todo problema abordado por um político, segundo afirmação dele, está próximo de ser resolvido. “Mais uma semana. Ou mais 30 ou 40 dias e a obra começa”, costumam afirmar. “Estive em tal setor com fulano e com beltrano. A verba já está reservada”, asseguram na esteira de lorotas por eles ensaiada.

E como nada de positivo acontece, o povo segue seu calvário. Frustrado, triste, mas resignado e confiante de que um dia teremos políticos sérios e compromissados com o bem comum. Para tanto, isso depende de uma análise criteriosa, fria e isenta de paixões políticas e de ser devedor de pequenos favores materiais que, eles, políticos, fazem para “amarrar” nosso voto.

Que por intercessão de Nossa Senhora do Seringueiro, Padroeira do Município de Guajará-Mirim, o Deus Pai Todo-Poderoso nos conceda sabedoria e graça para escolher novos nomens.

Fonte:Guajara em Foco

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

YOUTUBER CAMILA UCKERS MOSTRA CORPO DEFORMADO APÓS COMPLICAÇÃO COM SILICONE

Camila mostrou o corpo deformado e contou que precisou retirar a prótese senão corria risco ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: