Home / POLÍTICA / IPTU: CÂMARA VOTA A FAVOR DA POPULAÇÃO E REPROVA AUMENTO

IPTU: CÂMARA VOTA A FAVOR DA POPULAÇÃO E REPROVA AUMENTO

Por nove votos contrários e apenas um voto a favor da proposta do Poder Executivo de aumentar a taxa do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), foi por água abaixo na Sessão Extraordinária que ocorreu na manhã de quinta-feira (14) na sala presidencial da Casa de Leis. O texto com a planilha do Projeto, que já havia causado celeuma e indignação nas redes sociais no início da semana, foi alvo de violentos discursos na reunião que discutiu a matéria em seu inteiro teor, ressaltando que o Presidente da Câmara, Vereador Sergio Bouez (PSB)  só vota em caso de empate, mas não foi o caso deste projeto.

Em sua pronúncia, o vereador Mário César (PMDB), fez um enérgico reclame contrário a sugestão da prefeitura em aumentar a cobrança do imposto. “Na época dos palanques, o prefeito Cícero Noronha dizia que a prefeitura tinha dinheiro sobrando e que faltava apenas administração. Agora vem dizer que não tem caixa suficiente para arrumar as coisas na cidade e quer descontar em cima da população que já passa mil aperreios para acertar suas contas do dia-a-dia, com um aumento abusivo no IPTU”, protestou.

O vereador Isaac Carreirinha (DEM) também foi um dos edis que tomaram a linha de frente na posição contrária ao que considerou uma afronta por parte do Executivo. “Se a cidade tivesse com as ruas limpinhas, todas arrumadas, sinalizadas e iluminadas, se os serviços da prefeitura estivessem a contento da população, se a saúde não estivesse um caos como está agora, até votaria a favor do Projeto, mas como o povo de Guajará-Mirim não está tendo essas melhorias na sua qualidade de vida, voto contrário à proposta do prefeito”.

O Projeto de Lei com a proposta de aumento do IPTU municipal só não obteve votação contrária unânime por parte do Legislativo, por conta do vereador João Vanderlei (PSDC), que votou e avalizou a proposta do Palácio Pérola.

Fonte: Assessoria

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

Para economizar, Prefeitura e Câmara demitem comissionados e reduzem gratificações

Com o caixa dos municípios em crise financeira, os Poderes: Executivo e Legislativo tiveram de ...

%d blogueiros gostam disto: