Home / GUAJARÁ 190 / Veículo roubado com placa clonada é recuperado pela Polícia

Veículo roubado com placa clonada é recuperado pela Polícia

Em mais uma ação conjunta das Polícias de Guajará-Mirim/RO, um veículo, oriundo de roubo, é recuperado, na noite desta quinta-feira, 09. Um morador de Ariquemes/RO foi preso.
O trabalho conjunto entre os policiais da Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron), do Serviço de Investigação e Captura (Sevic), da Polícia Civil, e do Núcleo de Inteligência (N.I) do 6º Batalhão de Polícia Militar a fim de combater o tráfico de drogas, roubos e outros delitos, depararam com um veículo estacionado na Praça dos Pioneiros, nas proximidades do Porto Oficial de Guajará-Mirim. Desconfiados com placa do estado de Minas Gerais, os policiais então consultaram a placa PZC 1975, do veículo Honda/HR-V, constatando não ter restrições, pela experiência policial, resolveram entrar em contato com o proprietário do veículo, logo sendo atendido pelo morador de Minas Gerais que disse estar em sua residência juntamente com o veículo e para comprovar encaminhou uma imagem do carro estacionado, via rede social. A campana foi montada na tentativa de desarticular o transporte do veículo para o país boliviano. Já por volta de 20h30min, um homem aproximou do veículo e entrou, momento que foi cercado e abordado pelos policiais.

Agnaldo Gilmar Tavares, de 30 anos, residente em Ariquemes, disse que receberia R$ 3.000,00 para transportar o veículo até o município de Guajará-Mirim e encaminhar para a cidade de Guayaramerin/Bolívia. O chassi do veículo apresentava adulteração e confirmado pela perícia técnica. Um documento do veículo, falso foi apresentado, confirmando a clonagem da placa, Agnaldo foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante pela prática do crime de receptação e conduzido ao presídio masculino.
Fonte: O MAMORÉ

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

Homem é acusado de acariciar menina de 12 anos

O fato foi denunciado pelo pai da menina de 12 anos, aos policiais da 3ª ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: