Home / NOTÍCIAS / Campanha vem sendo realizada para translado do corpo de estudante brasileiro que morreu na Bolívia

Campanha vem sendo realizada para translado do corpo de estudante brasileiro que morreu na Bolívia

Amigos do jovem brasileiro Marllon Almeida Campos da Silva, 20 anos, que morreu no último dia 3 de novembro na Bolívia, estão realizando uma campanha para ajudar a família a realizar o translado do corpo para o Brasil.

Marllon era estudante do 6º período do curso de Medicina da Universidade Upal, localizada em Cochabamba, na Bolívia, e faleceu no Hospital Los Olivos, onde estava internado, por falência múltipla dos órgãos após sofrer uma infecção e seu estado de saúde piorar muito rápido.

Segundo os amigos de Marllon, a conta no hospital que ele ficou internado realizando tratamento em Cochabamba ficou em 93 mil bolivianos (cerca de R$ 46 mil), mais 5 mil dólares (aproximadamente R$ 16 mil) para realizar o translado do seu corpo para o Brasil e a família não tem condições financeiras para custear.

Em contato com o site Anoticiamais, rondonienses que também estudam em Cochabamba informaram que, enquanto o valor da dívida no hospital não for pago, o corpo não será liberado para ser levado ao Brasil onde vive os familiares, e além disso, a clínica deu um prazo para a quitação do valor. Marllon nasceu na Bahia, mas vivia com a família em São Paulo antes de estudar na Bolívia, porém como a maioria dos familiares mora na Bahia, o corpo será trasladado para lá.

“Pedimos a todos que puderem contribuir com algum valor (qualquer valor mesmo) que ajudem! Orem também pela família dele! Agradecemos de coração!”, declararam amigos nas redes sociais.

A conta bancária para depósito é:

Banco do Brasil

Agência: 1178-9

Conta Corrente: 44052-3

Em nome de: Cristiano A. S. Silva.

Fonte: Anoticiamais

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

Ex-prefeito Laerte Queiroz tem contas aprovadas pela Câmara de Vereadores de Nova Mamoré

A Câmara Municipal de Nova Mamoré – RO, aprovou em sessão ordinária na noite de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: