Home / ATIVIDADE PARLAMENTAR / Deputado Dr. Neidson recebe projeto para implantação do Samu em Guajará-Mirim

Deputado Dr. Neidson recebe projeto para implantação do Samu em Guajará-Mirim

Parlamentar discutirá possibilidade de instalar uma base descentralizada que seria extensão da unidade de Porto Velho.

Nesta segunda-feira (12), o deputado Dr. Neidson (PMN) despachou no gabinete do prefeito de Guajará-Mirim, Cícero Noronha (DEM), onde recebeu o enfermeiro intensivista, Marcone Bezerra Silva que apresentou ao parlamentar um projeto para a implantação do Samu 192, no município.

Após a reunião, que também contou com a presença do secretário Municipal de Saúde, Elias Palhano Neto e do vice-prefeito de Guajará, Davino Serrath (PMN), tanto o deputado, quanto o prefeito demonstraram interesse pelo projeto.

Para tratar do assunto de forma mais ampla, Dr. Neidson agendará para a próxima semana, uma audiência com autoridades ligadas ao setor, em Porto Velho.

Segundo Dr. Neidson, a possibilidade será apresentada ao prefeito da Capital, Hildon Chaves (PSDB), uma vez que o Samu em Guajará-Mirim, seria uma extensão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Porto Velho, ou seja, uma base descentralizada.

“Guajará-Mirim não conta um número de habitantes suficiente para a implantação de uma unidade do Samu, conforme estabelece a lei. Dessa forma, seria uma extensão que atenderia Guajará-Mirim e Nova Mamoré, com a base em Porto Velho”, explicou Dr. Neidson.

De acordo com o projeto, o serviço seria prestado da mesma forma como já ocorre na Capital. As ligações seriam feitas para a base em Porto Velho que transmitiria para uma base em Guajará, já preparada para prestar o atendimento de urgência.

Comunidades ribeirinhas
O deputado também recebeu o presidente da Associação dos Navegantes do Vale do Mamoré e Guaporé (Anvmg), Eliosmar Mendes Leite, acompanhado de demais membros da entidade. Eles ressaltaram a preocupação com as comunidades ribeirinha e indígena da região que, há cerca de quatro meses não estariam sendo abastecidas com alimentos.

Segundo os associados, o serviço de escoamento era feito por uma empresa contratada pelo Estado, porém, atualmente não está acontecendo. De acordo com o presidente, a associação e o barco da entidade estariam aptos a prestarem esse serviço, precisando apenas de um recurso para iniciar os trabalhos.

O barco da Anvmg sairia de Guajará-Mirim, Costa Marques e Pimenteiras, atendendo também, as aldeias indígenas.

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

20 de Novembro – Dia da Consciência Negra

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi ...

%d blogueiros gostam disto: