Home / GUAJARÁ 190 / Jovem estava foragido do regime semiaberto há quase um mês, em Guajará (RO). Homicídio aconteceu no último dia 14 de maio no Bairro Jardim das Esmeraldas.

Jovem estava foragido do regime semiaberto há quase um mês, em Guajará (RO). Homicídio aconteceu no último dia 14 de maio no Bairro Jardim das Esmeraldas.

Um jovem de 25 anos suspeito de matar um estudante com mais de 20 facadas, no dia 14 de maio, foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (2) em Guajará-Mirim (RO). Após a prisão, o rapaz assumiu o homicídio e falou com o G1. “Matei mesmo, pois ele me deu um soco antes”, afirma.

Conforme a Polícia Civil, o jovem de 25 anos também era foragido do sistema prisional semiaberto desde o mês de maio.

O foragido foi encontrado nesta sexta-feira por policiais civis, que estavam investigando o crime desde a data em que ocorreu o homicídio do estudante de 18 anos. Com o suspeito os agentes encontraram a faca usada no crime.

Na delegacia, Thiago Douglas de Moura de Souza falou sobre o homicídio e da convivência dele com a vítima.

“Eu matei mesmo, pois ele tinha me dado um murro na boca naquele dia. A gente era conhecido, mas não andava junto. A faca era minha e estava comigo, mas não lembro quantas facadas dei nele. Agora, de cabeça fria, me arrependo muito porque tenho dois filhos e novamente vão ficar somente com a mãe”, declarou Tiago em entrevista exclusiva ao G1.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Milton Santana, as investigações levaram a prisão de Tiago Douglas de Moura de Souza Dias, de 25 anos.

Faca usada no crime foi achada com suspeito em Guajará (Foto: Júnior Freitas/G1)

               Faca usada no crime foi achada com suspeito em Guajará (Foto: Júnior Freitas/G1)

O rapaz já foi preso várias vezes por roubo à mão armada e estava foragido do sistema prisional semiaberto desde o dia 12 de maio, quando cortou a tornozeleira eletrônica.

Milton explicou ainda que já fez o pedido de prisão preventiva do acusado, já que ele não foi preso pelo crime de homicídio, mas porque estava foragido do regime semiaberto.

“Ele foi autuado por roubo qualificado, pois na ocasião também levou o celular da vítima e revendeu, ele poderá pegar de 20 a 30 anos de prisão, se condenado. Ainda estamos investigando outras pessoas que estariam envolvidas”, declarou o delegado.

Fonte: G1 RO

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

PM prende dois e recupera quatro motos roubadas que seriam trocadas por droga na Bolívia

Alisson N. P., de 20 anos, e Nelson O. S., de 31 anos, foram presos ...

%d blogueiros gostam disto: