Home / ATIVIDADE PARLAMENTAR / Dr. Neidson cobra do Superintendente do DNIT Ponte Binacional e recuperação das BR-425 e 364

Dr. Neidson cobra do Superintendente do DNIT Ponte Binacional e recuperação das BR-425 e 364

A reunião da Comissão Mista da Assembleia Legislativa, recebeu na tarde desta quarta-feira (3), o superintendente do DNIT em Rondônia, Sergio Augusto Mamany, que relatou as ações do departamento nas BRs do Estado.

Aproveitando a ocasião o Deputado Estadual Dr. Neidson (PMN) frisou a necessidade de um trabalho urgente de recuperação da BR-364 em vários trechos, onde já está se tornando difícil o tráfego normal de veículos. Segundo o parlamentar, os buracos, cheios da água da chuva, causam transtornos aos proprietários de veículos, com pneus estourados e risco de acidentes maiores. O parlamentar foi informado ainda pelo superintendente de que obras da BR correspondente ao trecho de Porto Velho ao Acre, ainda deverá ser licitada.

No ensejo o deputado Dr. Neidson (PMN) tratou ainda sobre as pontes centenárias do Ribeirão e Araras, cobrando a construção de novas pontes de concretos no lugar das atuais que são motivo de apreensão para os motoristas que necessitam atravessá-las devido as más condições nas estruturas com um perigo constante para quem passa por elas. As duas pontes estão localizadas na BR 425, na zona rural de Nova Mamoré (RO), a cerca de 300 quilômetros de Porto Velho e são a principal rota de acesso da capital até Guajará-Mirim, na fronteira com a Bolívia – Em diversas outras ocasiões o parlamentar já havia reivindicado o reparo dos “pranchões” das duas pontes no intuito de melhorar a mobilidade da região.

Ponte Binacional

O Deputado Dr. Neidson (PMN) recebeu a informação de que a construção da ponte Brasil Bolívia no município de Guajará-Mirim, na fronteira de Rondônia com o país boliviano, está garantida no Orçamento Geral da União 2017.  O superintendente esclareceu que a obra está em fase final de aprovação dos projetos, estando provavelmente apta para licitação entre os messes de setembro e outubro deste ano. Já o inicio das obras está previsto somente para o ano de 2018.

O superintendente do Dnit informou ainda ao parlamentar que consta emenda da Comissão de Viação e Transporte ao projeto de Lei Orçamentária para 2017 em tramitação no Congresso Nacional. Nessa primeira etapa, serão investidos R$ 200 milhões. A construção da ponte, mesmo sendo feita com recursos brasileiros será dividida, meio a meio, entre os trabalhadores brasileiros e bolivianos, que construirão cada um a parte de seu lado, como uma forma de dividir os frutos e sedimentar a união entre bolivianos e brasileiros.

Projeto Antigo 

O Deputado Dr. Neidson enfatizou ainda que desde o ano de 2013 que a construção da ponte é debatida entre Rondônia e Bolívia. Sendo um sonho antigo dos moradores da região do Vale do Mamoré.  “A região tem presa pois essa é uma obra importante para impulsionar o comércio e o turismo na região”, declarou o deputado.

O Deputado lembrou ainda que a ponte binacional está entre os interesses da população das cidades fronteiriças, tendo em vista que é uma das medidas estruturais que serão necessárias a partir do projeto de construção de uma hidrelétrica no distrito de Ribeirão, em Nova Mamoré, distante 60 quilômetros de Guajará-Mirim. A ponte binacional que ligará os dois países terá a extensão de 1,2 mil metros.

Da Redação da ASCOM

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

Dr. Neidson destaca eventos em Guajará-Mirim e ações para pacientes crônicos

Parlamentar parabenizou Setur e anunciou audiência pública para debater instalação de centro de hemodiálise em ...

%d blogueiros gostam disto: