Home / GUAJARÁ-MIRIM / Atualizada – Professora e filho de vereador fazem comentários racistas contra prefeito e vice-prefeito em RO
Professora Linara Cavalcante, Foto perfil Facebook, Luan Cezar, Filho do presidente da Câmara de Vereadores de Guajará-Mirim, Foto: Divulgação Focebook)

Atualizada – Professora e filho de vereador fazem comentários racistas contra prefeito e vice-prefeito em RO

Na manhã desta segunda-feira 03, a equipe de reportagem do portal de notícias Guajará em Foco, se deparou com um fato muito estranho e covarde vindo de uma pessoa que deveria ensinar e contribuir com a educação dos nossos jovens. A professora Linara Cavalcante, Ex- integrante do quadro docente da Faculdade Aparício Carvalho – FIMCA postou uma mensagem recheada de ódio e preconceito contra o senhor Davino Serrath, eleito vice-prefeito de Guajará-Mirim

Na mensagem Linara expressa ódio e preconceito racista contra o vice-prefeito e Cidadão Davino Serrath que no pleito eleitoral de 2016 foi eleito ao cargo de vereador com 951 votos, sendo o vereador mais votado, devido o cancelamento da eleição para prefeito o TER realizou eleição suplementar onde Davino concorreu como vice-prefeito do empresário Cícero Noronha, que foi eleito prefeito com 10.873 votos.

Confira o comentário da professora que durante a campanha trabalhou para o candidato que concorreu contra Noronha e Davino.

“Estou enojada de Guajará. Como elegem um preto, traficante, aliciador de menores e sequestrador de menores como vice-prefeito…aff…Guajará merece..kkkkkk….pobreza e corrupção”.

Após sua postagem racista que causou indignação nos internautas a Professora cancelou a conta do seu perfil na rede social.

Após o comentário da professora o filho do vereador Mário Cézar (PMDB) atual presidente da Câmara de Vereadores do município usou a rede social para também denegrir a imagem de ambos vencedores da eleição, Luan Cézar postou no seu perfil a mensagem abaixo.

 “Agora dois incompetentes assumindo a prefeitura. Um traficante e outro gay”.

As mensagens expressam ódio, preconceito racial, e acusam o vice-prefeito de ser traficante de drogas e o prefeito Cícero Noronha de ser homossexual, demonstrando total preconceito e falta de respeito com as famílias e filhos de ambos, nossa redação estará solicitando ao Ministério Público (MP) para abrir inquérito para responsabilizar tanto a professora Linara quanto Luan Cézar pelas acusações e atos racistas.

Nota de esclarecimento: FIMCA.

A Direção Geral das Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA, vem a público esclarecer que a Sra. Linara Cavalcante não faz parte do corpo docente da Instituição.

Outrossim, a FIMCA manifesta seu repúdio à qualquer ato de racismo e intolerância, reafirmando o  compromisso institucional de sempre promover no meio acadêmico a busca por uma sociedade mais justa, democrática, humana e diversa.

A Direção.

Guajará em Foco – Informação com Credibilidade.

 

Comentários do Facebook

Comentários

Leia também

Carlinhos Escapamentos e Troca de Óleo Venham nos visitar, orçamentos sem custos.

Comentários do Facebook Comentários

um comentário

  1. Ernesto de Abreu

    Sergio Bouez deu um tiro no pé ao fazer manobras para trazer para seu secretariado alguns vereadores eleitos e com a promessa de levar para a Câmara aqueles que o povo não quis, tudo com o objetivo de angariar mais votos dos eleitores destes e daqueles; além de promessas afins para inchar ainda mais a folha de pagamento da prefeitura. Ele começou até bem, mas o povo está cansado desse tipo de política que busca no clientelismo o seu sustentáculo para perpetuação no Poder.
    Que Noronha faça uma limpeza na prefeitura desses cargos que só servem para deixar com a corda no pescoço as contas públicas e não repita o erro dos gestores anteriores. O eleitorado que o elegeu espera mudanças. Guajará está entregue ao marasmo por décadas. Curiosa é a reação de parte do eleitorado perdedor que, ensandecida, deixa qualquer neófito da ortografia enojado diante dessa revolta gratuita pela vitória de Noronha, dando aula de má educação e preconceito… Sabe-se lá o porquê… Ou bem sabemos? Inclusive alguns metidos a jornalistas, que querem impressionar com palavras incomuns do vernáculo, mas tropeçam feio na gramática e na decência fazem a prognose de que comeremos merda nesses quatro anos seguintes. Esperemos.

%d blogueiros gostam disto: